Falando sobre tudo

Falando sobre tudo

domingo, 2 de dezembro de 2012

Poemas de Vitoria ACosta



DEIXO


Deixo voce ir, não vou seguir seus passos
não quero saber para onde vai.
Sei que precisas partir e encontrar seus sonhos
e assim poder juntar a sua realidade e ser feliz

Deixo voce ir, por que ja nao tem mais motivos para ficar
e continuar tentando encontrar um passado
que na verdade talvez nem tenha existido como as lembranças
Lembranças que viraram sombras e perderam a cor da vida
e da alegria que pensamos ter vivido

Deixo voce ir, por que deve continuar a montar a sua historia
e com ela novos contos e novas lembranças
Faço votos que desta vez as lembranças sejam como retrato velho
e que perdure por muitos anos, como boas lembranças

Aquelas que nos duas não tivemos, 
que nao fazemos questao de lembrar
que simplismente aconteceu e passou
por que nao existiu amor

Deixo voce ir, por que tambem preciso sonhar
preciso voltar a respirar e viver esse sonho
So que desta vez, quero sonhar acordada 
para poder lembrar das cores e da felicidade
Va meu doce e terno amor, va procurar o seu amor
e eu vou ficar aqui, e continuar tentando
amar novamente, como sempre te amei
so que desta vez, quem vai ter que ir, sou eu
em busca da reciprocidade dos sentimentos
e da felicidade compartilhada

Entao, vamos seguir e sonhar e viver e amar

Nenhum comentário:

Postar um comentário