Falando sobre tudo

Falando sobre tudo

domingo, 28 de julho de 2013

Adolescente que mataram ex namorada vão ser Tranferidas


Adolescentes que confessaram ter matado jovem serão transferidas para unidade de menores infratores sábado (3)

Bianca Mantelli Pazinatto, assassinada a facadas por duas adolescentes no interior de Goiás

As duas adolescentes que confessaram ter matado a estudante Bianca Martinelle Pazinatto, 18, em Jataí (327 km de Goiânia), devem ser transferidas para um Case (Centro de Atendimento Socioeducativo), no sábado (3), quando deixam a Depai (Delegacia de Apuração de Atos Infracionais).
L., 17, e M., 16, foram trazidas para Goiânia, na terça-feira (30), quando amigos e familiares da vítima ameaçaram linchá-las.
As duas adolescentes devem ser levadas para o Case, no Conjunto Vera Cruz 1, onde vão cumprir apreensão preventiva. A duração da pena é de 45 dias, prazo que pode ser renovado por período similiar pela Justiça. A pena máxima para menores de idade que cometem crimes é de três anos.
O inquérito policial está em andamento sob a responsabilidade do delegado regional de Jataí, André Fernandes de Almeida. Segundo ele, a participação de uma terceira pessoa no assassinato foi descartada pelas investigações.
As motivações do crime ainda estão sob investigação. Uma carta amorosa escrita por L., 17, foi encontrada no quarto de Bianca, no dia do assassinato.
Um possível relacionamento amoroso entre as duas é negado por familiares da vítima, que afirmaram ao delegado que Bianca evitava se encontrar com L. No dia do crime, as duas trocarem mensagens pelo celular.
Carta escrita por jovem suspeita de matar a estudante Bianca
Em entrevista à "TV Anhanguera",  retransmissora da "Rede Globo", em Goiás, L. disse que o crime foi cometido para que Bianca não ficasse com ninguém. "Se ela não ficar comigo, não vai ficar com mais ninguém", disse a adolescente.
O delegado ainda não sabe se o assassinato, que foi premeditado, ocorreu pelo inconformismo de L. com o fim do relacionamento ou se tratava de uma obsessão por Bianca.

O crime

O assassinato de Bianca ocorreu por volta das 9h40 de segunda-feira (29) na casa de L., em Jataí. A vítima foi atraída até o local, onde levou facadas no pescoço.
O corpo da estudante  foi encontrado na noite do mesmo dia embaixo da cama da adolescente L.. Segundo informações da Polícia Civil, Bianca estava com os braços e os pés amarrados e coberto por sacos plásticos.
As duas adolescentes confessaram o crime, que foi planejado. Uma carta encontrada no quarto de L. descrevia com detalhes todas as ações, que terminariam com o ateamento de fogo no corpo de Bianca, no Conjunto Estrela Dalva, um bairro da cidade.

Sumiço

No dia do crime, Bianca saiu de casa por volta das 9h e desde então estava desaparecida. O pai da vítima comunicou seu sumiço no 1° Distrito Policial de Jataí depois que tentou ligar para o celular da filha sem sucesso.
Após buscas pela cidade, a família localizou uma carta que a adolescente L., de 17 anos, havia escrito para Bianca. No texto, havia declarações de amor e ameaças. A polícia então foi até a casa de L., que, ao lado da mãe, negou que Bianca estivesse no local.
Ela disse que a jovem havia mandado uma mensagem por celular dizendo que iria visitá-la, mas ainda não tinha aparecido
L. contou que as duas eram amigas e tinham se aproximado pelo Facebook, mas confessou que teve um relacionamento amoroso com a vítima assim que um dos policiais mostrou a carta encontrada no quarto de Bianca.
Segundo L., as duas estavam separadas, pois Bianca a teria traído com outra mulher. Após a conversa, os policiais resolveram seguir L., que foi conversar com uma amiga num shopping da cidade.
extraído do site:

Nenhum comentário:

Postar um comentário