Falando sobre tudo

Falando sobre tudo

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Relato de uma Lésbica







Este relato é o mais difícil, porque não se trata de apenas uma noite, um caso ou somente sexo. É fácil relatar momentos, mais quando tem amor ai tudo muda. Em janeiro, foi quando comecei a teclar com a Linda. Uma menina mulher de 18 anos, não imaginava que aos 20 anos poderia me apaixonar loucamente por uma pessoa que nunca havia visto, mais aconteceu. Por varias vezes nos declaramos e também fizemos amor pelo MSN. Não suportava mais continuar da forma que estava. Queria sentir o gosto dos seus beijos, seu cheiro, sua pele, seu toque e seu sexo. Moramos muito distante, mais não era o grande problema. Decidi e prometia a Linda que ia passar uns dias em sua cidade, marquei uma data e não deu. Linda chegou a dizer que estava enrolando e que já tinha perdido a vontade de me conhecer pessoalmente. Marquei uma nova data e essa não falhou, tinha que ir ver e mostrar a ela que estava sendo verdadeira. Fui e logo na chegada, vi que nem tudo estava acontecendo da forma que havíamos combinado. Cheguei à rodoviária e ela não estava me esperando e mesmo assim não desisti de tê-la. Fui pro hotel e mais tarde sai pra conhecer a cidade. Apenas na parte da noite que nos falamos. Linda me ligou umas três vezes, dizendo que só no outro dia poderíamos nos ver. Nossa na hora o meu peito gelou, em outra ligação disse a ela que estava frio e ela disse que se estivesse lá ia me esquentar. Uma doce provocação… Não dormi durante a noite, não parava de imaginar nós duas cara a cara. A hora demorou á passar e quando foi umas cinco horas da tarde, Linda me ligou dizendo que estava a caminho. Fui ao encontro dela e de sua tia. Cheguei primeiro no local, de repente escuto um assobio e quem era? Linda e sua Tia. Levantei-me e fui em sua direção, estava nervosa e muito feliz em vê-la. Fomos as três a um barzinho. Sua tia tomou uma cerveja e nós duas refrigerante. Tomei refrigerante a pedido da própria Linda. Batemos papo e depois de um tempo a Tia disse que tinha que ir, mais que Linda poderia ficar e até mesmo passar a noite comigo. Linda disse que ia embora só que mais tarde. Fomos para o hotel e no caminho conversamos, estava nervosa, não sabia o que dizer e nem o que fazer. Chegando ao hotel brinquei passando a mão sobre a cama, ela estava um pouco tensa. Afobada fui logo beijá-la e nada, fiquei sem graça. Deitei na cama e começamos a conversar. Ela ficou em pé, depois sentou na cama e depois de um tempo, disse que tinha que ir embora. Havia dito que a levaria então me levantei e foi quando Linda disse que ia passar a noite comigo. Fiquei tão feliz que imediatamente corri e a abracei, mesmo assim saímos para andar um pouco. Voltamos para o hotel e depois de um tempo fui tomar um banho, por varias vezes tentei beijá-la e nada. Depois de um tempo ganhei um selinho, que por sinal delicioso. Linda tem uma boca, que nunca vi de tão linda e gostosa. Ela é sincera, engraçada, tem opinião própria, é carinhosa, meiga e é Linda. Linda estava dividida entre três pessoas e falamos sobre isso. Disse a ela tudo que sentia e o quanto a amava. Estávamos uma fazendo carinho na outra, não resisti e tentei beijá-la e desta vez fui correspondida. Cheguei a pensar que não ganharia um beijo e ela disse que estava esperando parar de ficar pedindo. Não acreditava e a cada beijo e carinho recebido, mais e mais ficava excitada. Parti para o ataque, mas percebi que ela estava travada e não insisti. Novamente nos beijamos, peguei a sua mão e coloquei no meu peito fazendo com que Linda os acariciasse e me levasse ao delírio. Depois de um tempo, peguei a sua mão e a coloquei no meu intimo. Como imaginei, ela me tocou como ninguém havia me tocado. Amor, paixão e muito tesão me fazia com que tivesse iniciativa de sentir tudo que sentia. Gemi e rebolei muito, uma coisa que nunca havia acontecido e que não foi legal, é que falei uns palavrões, mais tudo bem, já ta feito. Passamos a noite em claro. Outro momento que me marcou, foi Linda fazendo carinho e me beijando. Não quero e nem vou relatar muitas intimidades, porque pessoas e momentos como estes não tem como relatar. Linda ficara marcada em mim, pro resto da minha vida. Vim embora marcada por ela em todos os sentidos. Não posso deixar de falar dos arranhões. Gostaria de ir novamente ao seu encontro e viver tudo novamente, com menos afobação, nervosismo e medo. Infelizmente parece que tudo isso teve um fim. Meu amor continua e a cada dia aumenta mais. Decidi ser apenas amiga dela, pelo fato da mesma estar dividida. Não quero ser uma duvida mais sim a certeza dela. Sinto também que ela ama uma outra pessoa, de uma forma que queria que me amasse. Sei e não tenho duvidas do carinho dela por mim, é isso que me deixa um pouco feliz. Infelizmente não mandamos em nossos corações, mais mandamos e mudamos as nossas atitudes. Linda é a mulher mais sincera que conheci e que tem muitas qualidades, quero muito que ela seja minha por completo. Defeitos ela tem, mas as suas qualidades os superam. Amo você amor. Isso não é um relato sexual e sim de alguém que te ama e te venera a cada dia. Pode ser que nunca mais nos encontremos, mas pode ter certeza que te encontro todas as noites em meus sonhos. Estarei aqui sempre e desejo que você ame alguém e que esse alguém te ame da mesma forma. Jamais vou dizer que uma pessoa vai te amar da forma que a amo, porque sei que ninguém vai te amar como eu.


enviado por lindaflor, por e-mail

2 comentários:

rebecca garcia disse...

como faço para mandar um relato ?

Vitoria ACosta disse...

Ola, Rebeca! Obrigada por ser nossa leitora. Agora, respondendo sua pergunta, você pode nos enviar via e-mail ( ativaromantica@gmail.com )
Estamos aguardando seu relato.
Abraços

Postar um comentário