Falando sobre tudo

Falando sobre tudo

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Conversando sobre Diversidade Sexual

- Conversando - 1ª Parte 

Diversidade Sexual

Estou me sentindo uma pessoa muito velha, não de aparência, mas de alma cansada. Aos olhos de muitos, tenho uma vida normal e ate agraciada pelo destino. Entrei em um aplicativo para encontros casuais e la conversei com vários tipos de mulheres. No resumo, muita gente perdida entre tantas opções sexuais existentes, no mundo de hoje. Até eu mesma me perco as vezes, por que veio tudo junto, muitas diversidades e consequentemente, muitas informações sobre. Isso assusta.


Bem, diversidade sexual sempre existiu, ate no mundo hetero. Já fui do mundo hetero, mesmo não pertencendo a ele, exatamente, mas já tive homens fisicamente, e amigos e casos e namorados, enfim...existem varias diversidades, vários gostos, vários entendimentos, varias aceitações, enfim, tudo isso somado é diversidade sexual. Bi, pan, etc é diversidade, pessoas que curtem sexo animal ou com animal, é diversidade sexual, pessoas que se satisfazem sozinhos, é diversidade sexual, enfim...a diversidade sexual sempre existiu, não só como opção, mas como meio de satisfação ou forma sexual aceitável . Isso inclui, fantasias e fetiches, desde que saudáveis e compartilhados ou aceitos por suas parceiras e parceiros. Entendo que só deixa de ser saudável e “normal”, se for necessário e não apenas uma variável sexual ou uma opção de prazer. O que é normal mesmo? O que a sociedade, ou a religião, ou os costumes ditam como regra comum e aceita. Um homem usar saias aqui, no Brasil, não é “normal”, por que foge ao costume da nossa sociedade, mas em outro ou outros países podem ser normal entre os homens daquela sociedade e totalmente aceito e ate considerado sensual e bonito, enfim. No entanto, o que não e saudável e aceito pelo casal, sejam eles homens ou mulheres, ai adentra a área psicológica ou neurológica que não me cabe discutir , por que além destes escritos não serem de ordem medica, não tenho nenhuma formação nesta área. Então, aqueles que se identificarem com esta forma de agir, de pensar, como necessidade e essencial ao prazer, então procurem profissionais competentes para resolverem a questão. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário